quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Paradoxo - ("As várias faces" - Texto 1)


Eu admiro pessoas e pessoas.
Eu admiro os livros e estantes; os que desejam felicidade e morte.
Admiro os que têm compaixão, porém os que não a tem.
Admiro até os intolerantes, egoístas, ignorantes...
Mas também admiro os persistentes, doadores, inteligentes e com certeza o “carpe diem”.
Adoro cachorros. O que me faz odiar gatos... Não odiá-los completamente, apenas amo o fato deles caírem sempre de pé. De serem traiçoeiros, porém carinhosos.
Amo as cobras e as abomino.
Viver no eterno paradoxo da vida é algo tão assustador, mas bastante esplendido.
Gosto de árabes, russos, mulçumanos, brasileiros, americanos, gregos, romanos; ricos e pobres; brancos ou não; sexuados e assexuados.
Perfeito é o preto, o branco... Mescle-os.
Gosto do Rock, do Jazz, do Pop, da Música Popular Brasileira, do Black, do TOP.
Gosto do que faz bem e do que faz mal.
Creio em Deus, também creio no Diabo. Afinal a melhor coisa que ele fez [o Diabo], foi enaltecer a existência de si próprio. E por que não?
Tenho muitas coisas prolixas, mas na hora das palavras elas se apertam tanto contra as linhas de onde escrevo que ficam parcas.
E como diz Clarice Lispector: “Você pode ate me empurrar de um penhasco que eu vou dizer: - E daí, eu adoro voar!”.

11 comentários:

Anônimo disse...

Tah loko...texto foda!
e dos amarelos vc nao gosta nao?
kkkkkkkkkkkkkkkkk
abraços!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
André ((Dé)) disse...

Lu...obrigado pela mais uma liçao de mtas que vao vir ai pela frente...obrigado por tudo, e é com mta sinceridade que te chamo de AMIGO!!!
abraçosss...

Girl disse...

Oi,

Nossa, nossa, nossa simplesmente MUITO bom!
Sinceramente, não esperava tanto do seu texto, mas depois de ler me surpreendi.
Tão lindo e tão verdadeiro...
Acho que todos nós gostamos um pouco de tudo, porque tudo nessa vida tem vários aspectos, vários detalhes e pelo menos por um deles nos interessamos.
Não importa o quanto deprimidos, críticos e mal-humorados que sejamos, todo o ser humano sempre acha uma coisa para gostar, uma coisa para comentar, para falar e também para julgar, porque estamos longe da perfeição.
Bom, muito bom mesmo, e já vai para minha lista de blogs "de qualidade".

Beijos,

De uma garota que amou,

Girl

Lucas Bueno disse...

tudo o que vc escreve me arrepia , coisas que quero ouvir , quero ler e até sentir , encontro aqui

nossa luh , demais perfeitoo

Mai disse...

Cada vez melhor...
Amo seus textos...
É sempre uma lição de vida...

Beijosss

Jéhhh disse...

Nussss

vc soh se superaa..
tah perfeituuuuu..

XDDD
quisera eu escrever assim..

realmente...
paradoxooo

afinal

do ódio para um amo é um pulinhooo

hsuahsuahsa

Xd

amooo vccc

pra sempreee

obrigadaaaa
a

por tddd e mais um pok!!

Ronaldo Moreno disse...

Preciso realmente comentar? Rss...

Eu adoro os seus textos, Lu. São inteligentes, são dinâmicos... Fazem a gente pensar. ;)


Beijo!

Xavinho disse...

nhaimMMM!!!
lindimMMMM!!!
viu seu bloggggggg mais prefiro num comentar qm é mais!!!
uahsuhahusuhauhs...
amo d++++!!!
(o Biih adoro a história da libelula kkkKKK!!!
ain é zuera é da borboleta rs)
amooooo d+ da conta s2*.

Anônimo disse...

Luh nao podemos perder a fe,pq se isso ocorrer,podemos fazer oq quiser,e com isso pde gerar conflito,e entaum te digo agradeco por ter te conhecido bjoxsxs:)

belaskinha =)

Otávio disse...

Um ponto de vista otimista do mundo.O eterno sonhador.
Muito bem escrito as idéias bem expostas.Parabéns Luiz.
Abraço