terça-feira, 5 de janeiro de 2010

ESTAMOS NO PRESENTE

Quem me vê assim sempre sorrindo, não sabe a dor que carrego há anos no meu peito. Não sabe o quanto meus desejos e o meu amor são mais fortes do que qualquer outra vontade. Não crê que o amor pode viver para sempre dentro de alguém. Já deveriam ter inventado algum remédio para curar qualquer dor de amor ou de distância. Eu fico imaginando como seria o nome dessas substancias. Será que elas existem? Afogo-me nos textos, blog, internet, leituras, livros e para mim, está tudo muito bem. Afogo-me nas lembranças e meu peito dói, arde igual uma chama queimando a superfície do corpo: a pele. Pele. Era só encostar-se à sua para que eu ficasse excitado. Iludido. Alegre. Suspeito. Misterioso.
Acabou! Quase tudo acabou. É melhor vermos isso. Machucar-nos mais será pior. Cada “eu te amo” é uma facada no peito. O consciente e/ou inconsciente novamente engatam as melhores lembranças de nós. Isso termina aqui! Termina por hora.

Enquanto você corre atrás – incessantemente – da sua liberdade, eu corro atrás dos meus sonhos.


6 comentários:

Camila disse...

Sempre e sempre.. nada melhor que o tempo! A dor passa... mas o amor não. Caso não venha a realizar o que vocês hj desejam, saibam q aconteceu por algum motivo. Sempre existe um motivo, mesmo que não possamos compreendê-lo agora, ou talvez nunca. Mas ambos aprenderam e cresceram. Lembre-se.. se quiser saber que algo realmente é seu... deixe-o ir, se voltar é pq sempre te pertenceu e pertence, se não, NUNCA foi teu!

Bjossss

Vanessa Campos disse...

Luuuuuu!!!! Ah nossa que saudade! Muita mesmo! Quanto tempo hein?! Como sempre os textos sem comentários! Hoje resolvi vir, e deixar meu coments dizendo que estou com muitas saudades, e pra vc não sumir hein?! Mande notícias de vez em quando viu, benzão???! rs

Ah, sobre o texto toda vez que venho deixar um depoimento fico totalmente sem palavras!Simplismente muito lindo, fico realmente tocada ao ler! Novamente, parabéns por esse dom!!!

Adoro vc, viu??!

Beijos

Vanessa

Jéssica disse...

Anjinho...
Seus textos ficam kd vez melhores..
realmente vc tem talento..
As palavras transmitem tal densidade de sentimento...incrível...
O tempo...o tempo..vai ser um grande aliado seu...esse sofrimento vai acabar...afinal anjos n merecem sofrer..vc será feliz..tenho certeza..
Amoo te mtoo..

bjaoo

Lelê disse...

Luís, vejo que além de uma aguçada sensibilidade (ora benéfica, ora tão prejudicial), temos em comum um amor... que dói, que é forte e que só Deus sabe se será realizado... Coincidência: enquanto eu pensava em escrever a frase "Ninguém sabe o tamanho da minha dor", você escreve o mesmo, com outras palavras!

Flor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flor disse...

O amor é o sentimento mais lindo e por ser assim, deve ser o mais sincero...mas infelizmente a pessoas que não sabem o significado da palavra amar e nos machuca, nos magoa...paixão é diferente de amor, e se há amor de verdade ele é eterno, só se for de verdade que fique bem claro!


Eu me atrevo a dizer que o amor eterno existe e que pode ser lindo, se ambas as partes quiserem.


Ótimo texto Luh.